12 de maio de 2017

Desculpe, mas ser diferentona virou modinha.

Olá senhoras e senhores, 
como vão?
Este é o primeiro post do blog tão critico: uma parte por que essa ideia passou pela minha cabeça, e não pude evitar achar uma boa ideia, e outra por que esse post também marcaria o meu amadurecimento no blog.
Quero começar dizendo que: Não! Adquirir, ouvir, ler, vestir, assistir, gostar e fazer coisas que estão em alta não te fazem "menos fã", "modinha" e outros apelidos que padronizam tal tipo de pessoas.
Durante todo esse tempo que passei em grupos de facebook, Whatsapp e principalmente na rede social Tumblr percebi que a grande massa menosprezava qualquer pessoa que aderia as modas do momento, sendo que ser "tumblr" é uma puta de uma moda. 
Como a maioria sabe, e se não, sou uma grande fã do Arctic Monkeys, e o que mas me deixa puta é que: se você gosta das músicas mas famosas, principalmente do álbum AM você é menos "fã" segundo grande parte do grupo. Não estou falando desse grupo especifico, mas sei como isso se reflete nos adolescentes de hoje em dia, e sei mais ainda por que já fui uma delas: 
se achando diferente, quando na verdade, você faz parte de outro grupo de pessoas: e pior ainda, julga qualquer pessoa por não ser parte do mesmo. 
Não sei quando que ser diferente virou uma competição tão ridícula, não sei por exemplo quantas vezes ja julguei uma música ou um livro só por ter estourado na mídia quando os mesmos fez sucesso exatamente por que são ótimos trabalhos, quer dizer, pode ate não ser para você: mas é pra grande maioria, caso contrario não estaria ali.
Uma parte de mim ja não acha grande coisa uma pessoa ter o mesmo gosto musical que eu, vamos aceitar, indie esta virando moda: e fico feliz com isso. É um grande estilo musical que merece e deve ter grande visibilidade, acho que se alguém fica triste por alguma coisa dessa acontecer deveria rever totalmente seu conceito de fã.
Goste de algo por que achou ela incrível e mais um punhado de adjetivos: não porque isso te faz diferente. Porque afinal a vida é muito curta pra se prender em esteriótipos sem que goste verdadeiramente do mesmo. 
Do I wanna know é bom pra caralho e conheci a banda por ela, paz. 
                                      

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DIGITEM , SOCIALIZEM , SE ESPRESSEM.
Se quiser ofender , ofenda. Mais saiba escultar.
Caso queira pedir alguma postagem ,opinar sobre o Layout , dar dicas e etcs , no menu você encontra uma área específica para isso =)
Comentar é conversar com a escritora sobre sua postagem , Conversem comigo , eu não sou tão chata quanto parece \o/
Se tiver um blog , deixe o link , para que podemos conversar por lá também e.e

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo